Doação de órgãos avança no Sagrada Família



Credenciado desde 2012 para realizar a captação de córneas e múltiplos órgãos, o Hospital e Maternidade Sagrada Família vem avançando na busca de doadores e na viabilização de transplantes. Na última semana, um treinamento proporcionou qualificação à equipe e uma doação de órgãos foi realizada com sucesso. São iniciativas que irão se transformar em qualidade de vida para muitas pessoas.

Após confirmada a morte encefálica de um homem adulto, no dia 5 de novembro de 2018, a família autorizou a retirada de órgãos para doação. Em razão da eficiência do cumprimento do protocolo pela equipe do Hospital e dos técnicos da SC Transplantes, que vieram a São Bento do Sul, foi possível viabilizar a doação do fígado, dos dois rins e das córneas.

“Com esse gesto humanitário da família, será possível transplantar os órgãos e atender até cinco pessoas, que terão uma vida totalmente renovada”, destaca Gustavo Henrique Pasqualini, coordenador da Comissão Intra Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes do Sagrada Família. O enfermeiro destaca a importância das pessoas que desejam ser doadoras avisarem os familiares para que seu desejo seja atendido.

Com essa doação, o Hospital e Maternidade Sagrada Família realizou 7 captações de múltiplos órgãos desde que se tornou credenciada ao procedimento. Também foram realizadas no mesmo período 55 nucleações, com a doação de 55 pares de globos oculares. Considerando que um globo ocular possui mais componentes, como córnea e esclera, é possível atender até seis pessoas com uma única doação.

Para que a equipe interna se mantenha atualizada sobre os procedimentos da doação de córneas, no último dia 31 de outubro foi realizada uma capacitação pelo Banco Olhos de Joinville. O Hospital também estendeu a oportunidade aos estudantes da faculdade de Enfermagem da UnC e da turma de técnicos de Enfermagem do Senac.

Durante o treinamento, foram repassadas informações sobre os cuidados necessários pela equipe de atendimento, para que a captação das córneas seja viabilizada. A qualificação foi realizada pelo gestor Júlio César Vieira, pela enfermeira Larissa Steingraber Alves e pelo técnico Sandro Leite Correia, do Hospital de Olhos de Joinville.

A instituição joinvillense é uma das três que realizam a captação e fazem o transplante de córneas em Santa Catarina. Desde 1978, quando passou a funcionar, até setembro deste ano, o Banco de Olhos de Joinville já recebeu 3.972 doações e realizou 3.621 transplantes. “Esses números são alcançados com a parceria que temos com os hospitais, como o Sagrada Família, que de forma comprometida e eficiente nos auxilia na captação e retirada dos órgãos para doação, que segue a lista oficial de espera do Estado e do país”, informa o gestor Júlio César Vieira.

Escreva seu comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

© HMSF - Hospital e Maternidade Sagrada Família | 2019. Todos os Direitos Reservados